12 outubro 2011

Com três entre as dez maiores pontuadoras do Mundial, Osasco enfrenta campeão europeu

Ivna, Jú Costa e Samara estão entre as dez maiores pontuadoras e as centrais Adenízia e Bia lideram as estatísticas de bloqueio.


Adendo (13/10 - 05:36) não houve transmissão da partida


Por Thiago Leme



O Osasco enfrenta o VakifBank Istanbul, nesta quinta às 4h, valendo a sonhada vaga na final do Campeonato Mundial de Clubes. A equipe européia não perdeu nenhum set na competição, mas caiu no grupo mais fraco do torneio, com o desfalcado Mirador, da República Domenicana, e o Kenya Prisons, do Quênia. O time brasileiro, por sua vez, enfrentou um grupo difícil, onde venceu o Chang, com a seleção tailandesa em quadra, e perdeu para o forte Rabita Baku, vice-campeão europeu.


Se depender dos destaques individuais, o Sollys garante a vaga na final. A ponteira oposta Ivna é a melhor pontuadora com 39 pontos, junto com Natalya Mammadova (Rabita Baku), do Arzebaijão. A capitã Jú Costa e a jovem Samara, ambas ponteiras, não deixam a desejar e aparecem na lista das 10 melhores, com 35 e 33 pontos, respectivamente. Adenízia e Bia lideram as estatísticas de melhores bloqueadoras. 

As atletas do VakifBank se destacaram com as melhores médias de aproveitamento de ataque, com Jelena Nikolic e Malgorzata Glinka. Além disso, possui as cinco melhores sacadoras do torneio, com destaque para Bahar Toksoy. Podemos dizer que esses números devem muito ao fato de seu grupo ser mais fraco, mas não tira os méritos das adversárias, favoritas ao título.

O técnico Luizomar falou sobre as lições que o time deve tirar da derrota para o Rabita Baku:

“O jogo de hoje passa a ser fundamental para o de amanhã. Atuamos contra um bloqueio muito alto, no qual tivemos que pensar e arriscar em alguns momentos. Tivemos algumas decisões corretas e outras erradas, mas espero que essa nossa jovem equipe tenha amadurecido com o nível desta partida. Agora vale uma vaga na final e estaremos extremamente concentrados em busca deste objetivo. Sabemos de todas as dificuldades porque do outro lado teremos uma equipe acostumada a decisões enquanto no nosso time ainda temos algumas jogadoras que são juvenis, porém, o Sollys/Nestlé tem mostrado muito empenho e garra e isso pode ser o diferencial amanhã”
“Uma das vocações do nosso projeto é dar oportunidades e revelar novos talentos, colocando-os em alto nível. Tenho certeza que essa oportunidade que Samara, Bia, Ivna e Larissa estão tendo nessa competição será muito importante para o futuro de suas carreiras. A busca pela vitória é importante em toda a competição e penso que se aprendermos com o que aconteceu hoje teremos chances amanhã” 
 
Jú Costa também comentou:
"Nós cometemos muitos erros, causando a derrota. Também tivemos problema com o bloqueio alto das adversárias"
"Espero que consigamos resolver esses problemas para vencermos amanhã"

A partida terá transmissão do Band Sports. O site da FIVB é outra opção para acompanhar a partida.


Veja as estatísticas da primeira fase - pontuadora e bloqueadora (FIVB):


Pontuadoras:

Rank
Shirt
Name
Team
Spike
Block
Serve
Total
1
1
MARRA Ivna
SOO
30
7
2
39

9
MAMMADOVA Natalya
BAK
31
8

39
3
10
APINYAPONG Wilavan
CHG
35

1
36
4
11
RODRIGUEZ Jeoselina
MIR
32
1
2
35

13
OSMOKROVIC Natasa
BAK
27
8

35

17
COSTA Juliana
SOO
31
3
1
35
7
4
ALMEIDA Samara
SOO
28
4
1
33

7
GLINKA Malgorzata
VBT
28
1
4
33
9
15
STAROVIC Sanja
BAK
22
6
2
30
10
5
SILVA Adenizia
SOO
18
10

28

6
SITTIRAK Onuma
CHG
26
2

28

Bloqueadoras:
Rank
Shirt
Name
Team
Stuff
Blocks
Faults
Rebounds
Total
Atts
Avg.
by set
1
5
SILVA Adenizia
SOO
10

15
25
1.11
2
9
MAMMADOVA Natalya
BAK
8

13
21
0.89

11
CORREA Ana Beatriz
SOO
8

17
25
0.89

13
OSMOKROVIC Natasa
BAK
8

4
12
0.89
5
1
MARRA Ivna
SOO
7

5
12
0.78

5
KRSMANOVIC Natasa
BAK
7

15
22
0.78
7
9
CEMBERCI Ozge
VBT
4

2
6
0.67

13
FUERST Christiane
VBT
4

7
11
0.67

15
STAROVIC Sanja
BAK
6

6
12
0.67
10
3
KHISA Diana
KEP
5

9
14
0.63