27 setembro 2011

Osasco vence Uniara e confirma terceira posição

Osasco Voleibol
Por Thiago Leme


Jú Costa - 19 pontos
O Sollys Osasco derrotou o Uniara/Clube Náutico no Ginásio José Liberatti por 3x1 (22/25, 25/20, 25/14 e 25/21) em 1h48m e encerrou sua participação no 1º turno na terceira posição, com 6 vitórias e 1 derrota (Vôlei Futuro em Araçatuba), com a mesma campanha de Vôlei Futuro e Sesi, perdendo apenas no set average.

A equipe osasquense iniciou o jogo com muitos erros e o Uniara dominou o placar no primeiro set fechando em 25 a 22. No início do segundo set o jogo permaneceu equilibrado, mas o time da casa se acertou e passou a dominar o placar vencendo por 25 a 20 , empatando a partida. O terceiro set foi um passeio (25/14) e o Sollys virou o placar: 2x1. O quarto set foi o mais equilibrado, o Osasco chegou a estar perdendo por 14x11, mas reagiu e fechou a partida com 25 a 21. O destaque da partida foi a ponteira Jú Costa, com 19 pontos.

A equipe de Araraquara mostrou muita determinação e marcou bem as ponteiras do Osasco, que foram muito acionadas pela levantadora Karine. O Uniara é o atual vice-campeão da Liga Nacional e vai jogar a Superliga 2011/2012. 

Foi a terceira vitória em três jogos jogando em Osasco no Paulista 2011. No sábado, às 11:00, o time volta a quadra para a partida contra o São Caetano em seu ginásio. Na segunda-feira a equipe enfrenta o Pinheiros na casa do adversário.




O time base utilizado por Luizomar na partida: Karine; Bia e Adenízia; Jú Costa e Samara; Ivna; Camila Brait.


Maior pontuadora: Jú Costa - 19 pontos


Declarações do treinador - fonte Site Oficial Sollys Osasco

“Se a pontuação do Paulista fosse igual a da próxima Superliga estaríamos com 18 pontos na frente tanto do Vôlei Futuro quanto do SESI-SP. Então essa busca pela vitória por 3 a 0 ou 3 a 1 passa a ser muito importante e na Superliga será um diferencial”, afirmou Luizomar, que alertou sua equipe da importância de não perder sets. “O Campeonato Paulista sempre foi um grande laboratório para as equipes e uma das coisas que tenho passado para a equipe é relacionado a pontuação que iremos ter na Superliga. As vitórias por 3 a 0 e 3 a 1 valerão três pontos e a vitória por 3 a 2 apenas dois. É muito importante que isso seja assimilado”, completou o comandante.

Com relação ao jogo, o Sollys foi surpreendido na primeira parcial, porém, em seguida retomou a confiança e controlou o restante do confronto. “Perdemos um set e começamos com muitos erros, o que fez a equipe perder um pouco da confiança. Porém, na sequência conseguimos buscar um resultado importante e conquistamos o nosso objetivo, que era terminar com o mesmo número de pontos e junto com os nossos adversários na liderança”, comentou o treinador. Pela pontuação do Paulista, Vôlei Futuro, SESI-SP e Sollys possuem 13 pontos, com a equipe de Araçatuba na liderança e com o SESI em segundo pelos critérios de desempate.

Outro fator de relevância na partida foi o retorno da central Adenízia. Luizomar destacou a importância da jogadora, que foi titular do Sollys/Nestlé nas últimas duas Superligas. “A Adenízia é uma referência da nossa equipe. É uma jogadora titular do Sollys há três temporadas e que tem muito potencial. Tenho certeza que ela gostaria de seguir com a Seleção Brasileira, porém, ela sabe da importância que é estar aqui. Essa motivação de estar de volta ao clube pode fazer com que ela retorne para a Seleção. A atuação no clube é determinante para estar na Seleção. O que leva um atleta a representar o Brasil é jogar bem pela sua equipe e conquistar campeonatos. Agora ela precisa se focar para fazer um grande Campeonato Paulista e Mundial e se preparar para brigar por uma vaga na próxima Olimpíada”.