14 outubro 2011

Osasco massacra Mirador e conquista o bronze do Mundial

Sollys retorna às quadras no dia 20/10 contra o Sesi, pelo Campeonato Paulista, em Osasco.

Por Thiago Leme
(atualizado às 17h)

O Sollys Osasco destroçou o Mirador e garantiu a medalha de bronze no Mundial de Clubes. A partida terminou 3 a 0 (25/09, 25/13 e 25/08), em 58 min.

Os destaque da partida foi Ivna, com 13 pontos. Jú costa e Adenízia fizeram 11 pontos e Samara anotou 10 vezes.

O time brasileiro levou vantagem o jogo todo e não foi ameaçado no placar. Foram 10 pontos de bloqueio e 10, também, de saque. As domenicanas fizeram apenas 30 pontos no total, pouco mais de um set, sendo apenas 3 de bloqueio e nenhum de saque. Em ataques, 36 a 18 para as brasileiras. 

O Sollys Nestlé retorna ao Brasil para os compromissos do Campeonato Paulista. Com as principais jogadoras servindo suas seleções (Brasil e EUA), a mesma equipe que disputou o mundial continua representando as laranjas na competição regional, com excessão da levantadora Ana Maria, que retorna ao São Bernardo. O próximo desafio é o Sesi, em casa, na corrida pela liderança da primeira fase.

O site Osasco Voleibol parabeniza as jogadoras por enfrentarem os grandes times europeus com personalidade. As mais jovens adquiriram uma experiência que será muito importante para suas carreiras no futuro. Samara, Bia e Ivna se destacaram no torneio e o técnico Luizomar disse que elas são o futuro da nossa seleção. O grupo é muito forte e tem tudo para fazer uma grande Superliga.


A final do Mundial terá a reedição da final do Europeu: VakifBank e Rabita Baku. A partida começa às 11h.

O jogo não teve, novamente, transmissão do Band Sports, que passou a reprise da semifinal do dia anterior.



Declarações:

 Francia Jackson:
"O time brasileiro é ótimo, tem muita experiência. O jogo de hoje (sexta) foi um dos nossos piores nessa competição. Eu realmente não sei o que aconteceu para nós. Parabéns às brasileiras pela vitória e pela medalha de bronze", elogiou a capitã

Jú Costa:
 "Como todos sabem, somos ainda um time jovem. Desde o início, sabíamos que teríamos equipes muito profissionais, como a turca (VakifBank) e a azeri (Rabita Baku). Estamos ansiosos para voltar no próximo ano e levar o ouro para casa"

Luizomar de Moura:
"Esse foi um dos nossos melhores jogos na competição. Estou feliz que meu jovem time tenha tido a oportunidade de vir aqui e ganhar muita experiência, jogando contra algumas das melhores atletas do mundo"



Estatísticas da partida:


Mundial de Clubes 2011: jogos, classificação geral e destaques individuais