07 outubro 2012

Com gesto obsceno de cubana e animador sem noção, Osasco vence Campinas

Por Thiago Leme 
Coluna do Vôlei  



O Osasco foi a Campinas para enfrentar o time local, do técnico Zé Roberto, e voltou para casa com a vitória e os três pontos na bagagem. O Amil/Campinas tentou complicar, ao vencer o 3º set com facilidade e iniciar bem o set seguinte, mas as osasquenses mostraram porque estão invictas na competição. O jogo foi 3 a 1, com parciais de 25/17, 25/20, 15/25, 25/20.

Nem tudo foram flores na Arena Amil. O animador da casa falava no microfone todo o ponto, inclusive quando as jogadoras sacavam, o que geralmente não é permitido. Mas, o momento mais esdruxulo foi quando a ponteira Jaqueline errou e o mesmo a chamou de pipoqueira, num ato sujeito a punição. 

Para piorar, a cubana Ramirez mostrou o dedo do meio para a torcida osasquense, que cantava o tempo todo na arquibancada. Não é a primeira confusão da atleta, que costuma se abalar facilmente. Os torcedores pediam para que as jogadoras do Osasco sacassem na cubana com frequência: "saca na Ramirez".


O melhor lance da partida foi quando Ramirez tentou usar o bloqueio de Sheilla para fazer o ponto. A oposta osasquense percebeu, se abaixou na hora e a bola foi para fora. Em seu twitter, a craque publicou a foto do lance (abaixo) e o comentário: "Ataca na mão de fora!!! iiiii cadê a mão?!?! Hahaha!!! Ponto Sollys!!! Bola fora!!!"


Osasco invicto

São 30 partidas de invencibilidade, a última derrota foi em 31 de janeiro, pela última rodada do primeiro turno da Superliga. A próxima partida é contra o Sesi, nesta terça, no gin. José Liberatti, pela última rodada da fase classificatória. Depois o time viaja para o Qatar, onde disputará o Mundial de Clubes.




Nenhum comentário: