14 setembro 2011

Jaqueline pronta para defender o Brasil


Foto da notícia
SAQUAREMA (RJ), 14.09.2011 – A campeã olímpica Jaqueline está pronta para defender novamente as cores do Brasil. Depois de viver um momento difícil há quatro meses, quando perdeu o bebê que esperava, a jogadora recuperou as forças e retornou às quadras. No breve retorno, a ponteira ajudou o Sollys/Osasco (SP) a vencer o Sul-Americano de Clubes e provou estar recuperada. O esforço foi recompensado no início deste mês. O nome da atleta apareceu entre as 15 convocadas pelo treinador José Roberto Guimarães para o Campeonato Sul-Americano 2011, no Peru, entre os dias 27 de setembro e três de outubro.
O Sul-Americano dará até duas vagas para a Copa do Mundo, de quatro a 18 de novembro, no Japão. O campeão estará automaticamente classificado. O segundo colocado disputará a competição caso esteja entre os quatro melhores segundos lugares nas disputas continentais de acordo com o ranking da Federação Internacional de Voleibol. Na Copa do Mundo, os três primeiros colocados estarão classificados para os Jogos Olímpicos de Londres/2012.
Para Zé Roberto, o retorno de Jaqueline será positivo para o grupo brasileiro. “Ela passou por um momento difícil que já foi superado. Nós sentimos a falta dela nas primeiras competições do ano. É uma jogadora de muito volume de jogo que traz novas opções para a equipe. Ela é completa em todos os fundamentos. A briga por uma posição também está sendo muito boa. É uma dor de cabeça que todo técnico gostaria de ter”, afirma o treinador bicampeão olímpico, que tem no atual grupo cinco ponteiras: Sassá, Paula Pequeno, Mari, Jaqueline e Fernanda Garay.
Já Jaqueline procura aproveitar cada segundo da oportunidade de estar novamente na seleção brasileira. “Estou super feliz. Tento aproveitar ao máximo essa chance que o Zé está me dando. Estamos em um ano importante e me empenho diariamente para seguir no grupo. Estou aqui para somar e ajudar da melhor forma possível”, garante a ponteira, que contou com o apoio da família, do marido, o campeão mundial Murilo, e dos amigos para superar o momento difícil na vida pessoal.
“Passei por uma situação difícil, mas isso já é passado. Tive o aval família, dos amigos e de toda a seleção. Precisei passar um tempo do lado da minha família, mas já estou pronta para me dedicar integralmente ao vôlei. Quero conquistar a vaga olímpica na Copa do Mundo”, diz Jaqueline.
Zé Roberto focado no Sul-Americano
Segundo o treinador do Brasil, José Roberto Guimarães, a seleção feminina precisa tomar cuidado com os adversários do Sul-Americano. O Brasil lutará pelo 17º título sul-americano no Peru.
“Somos os favoritos, mas temos que respeitar os adversários. A Argentina fez um bom Grand Prix e o Peru jogará em casa. A Colômbia também evoluiu nos últimos anos”, explica o treinador.
Estão treinando no Aryzão em preparação para o Sul-Americano: as levantadoras Fabíola e Dani Lins; as opostos Sheilla e Tandara; as ponteiras Paula Pequeno, Mari, Natália, Sassá, Fernanda Garay e Jaqueline; as centrais Thaisa, Fabiana, Adenízia e Juciely e a líbero Fabi.


Fonte: CBV